LETREIRO DE RECADOS

EM IV CENTENÁRIO NA OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA

13.8.14

Vídeo Rio 450


Vídeo gravado pelo Comitê Rio 450





1.8.14

NOSSA ESCOLA E OS 450 ANOS DA CIDADE MARAVILHOSA

Leiam abaixo a matéria publicada no site da Prefeitura sobre a participação da escola nas comemoração de 450 anos do Rio, que iremos comemorar em 2015.
ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL IV CENTENÁRIO PARTICIPAM DA OFICINA DE DESENHO RIO450

31/07/2014 15:26:00

Fundada na década de 50 na comunidade do Timbau, em Bonsucesso, a Escola Municipal IV Centenário foi assim rebatizada em 1965 no contexto da comemoração de 400 anos do Rio de Janeiro. Passadas cinco décadas, a escola já está engajada nas comemorações de 450 anos do Rio de Janeiro. Os alunos foram os primeiros da rede municipal a realizar a cerimônia de hasteamento da bandeira do município acompanhada pela execução do hino oficial da Cidade, Cidade Maravilhosa. Em 2015, a cerimônia será realizada semanalmente em todas as unidades da rede, conforme previsto no decreto nº 38724/14 que estabeleceu o Programa de Valorização da Memória e da Cultura Popular Carioca, o Pró Carioca.

"Valorizar os símbolos da cidade é uma forma de trabalhar a cidadania. A atividade está inserida num programa muito mais amplo, o Pró-Carioca, que tem como objetivo disseminar o conhecimento e o interesse das crianças pela história do Rio de Janeiro e reforçar o sentido de pertencimento não apenas à cidade, mas também ao bairro e à escola", explica o diplomata Marcelo Calero, presidente do Comitê Rio450.

Durante a visita do Comitê Rio450, os alunos fizeram uma apresentação de percussão com versões batucadas de O Morro Não Tem VezSe Essa Rua Fosse Minha e Rap da Felicidade. O presidente do Comitê Rio450, Marcelo Calero, presenteou a escola com um exemplar do livro Rio400+50, que trata sobre a experiência do IV Centenário. Depois da cerimônia de hasteamento da bandeira, as crianças participaram da oficina de desenho Rio450 que tem como objetivo despertar o interesse pela história da cidade a partir da interação com a marca dos 450 anos do Rio de Janeiro. 

A Escola Municipal IV Centenário guarda em suas dependências algumas preciosidades. Além da bandeira da escola com o símbolo do IV Centenário, o pátio preserva um exemplar centenário de pau-brasil.


Pró-Carioca

Comemorar o jubileu de 450 anos, portanto, é muito mais do que preparar uma grande festa. A Prefeitura do Rio vai celebrar a data por meio de iniciativas que vão trabalhar o sentido de pertencimento não apenas à cidade, mas especialmente a esferas mais locais como a rua, a praça, o bairro, a vizinhança. Lançado com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre a história da cidade, seu repertório artístico-cultural e os personagens que forjaram este repertório, o Pró-Carioca está dividido em três eixos: Conhecimento, Cultura Popular e Memória. A cerimônia de hasteamento da bandeira e de execução do hino da cidade é uma das atividades previstas no eixo “Conhecimento” que tem como missão estimular a pesquisa e o ensino sobre a cidade e seu repertório artístico-cultural.

http://www.rio.rj.gov.br/web/sme/exibeconteudo?id=4837264

31.7.14

COMITÊ RIO 450

Recebemos os visitantes do Comitê Rio 450 com muita alegria é se é para falar de Rio de Janeiro, não pode faltar batuque. Os alunos da turma 1502e o professor Eusebio, da oficina de percussão Maré Batuque, apresentaram duas músicas: O morro não tem vez e Eu só quero é ser feliz
 


Execução do Hino Cidade Maravilhosa com o Pelotão da Bandeira turma 1501.





          OFICINA DA MARCA RIO 400+50

            Composta pelos 3 números da celebração, a marca dos 450 anos representa o que o carioca tem de mais essencial, mostrando o perfil de quem tem orgulho de ser o que é, seja por nascimento ou por escolha.
             Depois de mostrar e explicar o significado da marca aos alunos o Presidente do Comitê Rio 450, Marcelo Calero, deu inicio a oficina de costumização da marca.






Exposição: E.M. IV Centenário e o Rio 400 + 50



Rio 450. Viva o RIO! Viva o CARIOCA!





28.7.14

CULMINÂNCIA DO PROGRAMA CRIANÇA PETROBRAS MARÉ

Culminância do Programa Criança Petrobras na Maré

                   A culminância do Programa Criança Petrobras na Maré ocorreu no dia 25/07. Foi um dia repleto de atividades com histórias, música, oficina de turbante e até Acarajé.
                 Quando todos os alunos estavam reunidos no pátio, a Tia Juliane, Contou a história de Catiriri, Sebastião e o vento do norte, com participação Especial dos alunos.
                   Depois assistimos a turma 1502 e o professor Eusébio do Projeto Maré Batuque cantando e tocando, músicas como: O morro não tem vez e Eu só quero é ser feliz.
            As turmas 1201(manhã) e 1203(tarde), das Professoras: Andreia e Cristiane
fizeram um desfile para mostrar seus lindos turbantes e no final todos de pé cantamos
juntos a música EU SÓ QUERO É SER FELIZ. Para finalmente nos deliciarmos com 
Acarajé.





 
 






SAIBA MAIS EM:
http://geivcentenario.blogspot.com.br/2014/07/culminancia-do-programa-crianca.html

16.6.14

NOSSA ESCOLA E O LIVRO RIO400+50

Matéria publicada no jornal Extra e nos sites Extra e Ademi


Livro revela transformações da cidade do Rio nos últimos 50 anos e desconstrói mitos

Isabella, com a professora Cristiane, mostra seu desenho
Isabella, com a professora Cristiane, mostra seu trabalho. Foto: Thiago Lontra
Isabella do Nascimento Alves, de 9 anos, estuda há três na concorrida Escola Municipal IV Centenário, no Complexo da Maré, que atingiu média 6 no Índice de Educação Básica 2011, que mede a qualidade do ensino. A nota é a meta do Ministério da Educação para 2022. Para ir às praias da Zona Sul, Isabella passa pelo Túnel Rebouças. Mas poderia também se divertir no Aterro do Flamengo. Esse Rio de Isabella tem só 49 anos: a escola, o Aterro e o túnel foram inaugurados no ano em que a cidade comemorava seu 400º aniversário, em 1965.

As transformações da cidade nos últimos 50 anos estão no livro da Edições de Janeiro "Rio 400+50 - Comemorações e percursos de uma cidade", dos autores Maria Inez Turazzi, João de Souza Leite e Claudia Mesquita. A obra, que desconstrói mitos como a própria data de fundação do Rio, é a primeira iniciativa a ter o direito de usar a marca oficial dos 450 anos, lançada no mês passado. Mas na Escola IV Centenário, os alunos já soltaram a criatividade para, desenhando, dar identidade aos algarismos 4, 5 e 0.

- O símbolo tem uma cara alegre, quis deixar bem brasileira por causa da Copa - contou Isabella, que adora a escola e sonha ser dentista.

A marca que representa os 400 anos da cidade ainda é usada na bandeira da escola, que gosta de manter tradições: há 30 anos na unidade, a diretora Rita de Cássia Magnino entrou como professora e conta que, todo dia, os alunos cantam o hino nacional. Mas estudantes e funcionários já se preparam para usar o símbolo dos 450 - vencedor do concurso promovido pela prefeitura.

- Primeiro, as crianças acharam um rosto estranho, mas disse a eles que poderiam criar em cima da imagem - contou a professora Cristiane Nogueira de Mesquita, de 36 anos.
Alunos da IV Centenário e os trabalhos
Alunos da IV Centenário e os trabalhos. Foto: Thiago Lontra
Data marcada por decreto

O livro desfaz mitos sobre o local, o autor e a data da fundação do Rio de Janeiro. O dia 1º de março, por exemplo, teria sido definido por uma junta de historiadores e antropólogos, e não por Estácio de Sá. Quatrocentos anos depois, pipas frequentaram os céus da cidade com o símbolo do IV Centenário do Rio.

A educação foi o grande investimento público na época das comemorações dos 450 anos. Foi nos anos 1960 que o então governador Carlos Lacerda passou a garantir que todas as crianças em idade escolar já estavam nas salas de aula. Ao final do governo, elas frequentavam oito anos de curso básico na rede pública.

A semente da escola IV Centenário surgiu em 1956, quando um grupo de nordestinos pediu à prefeitura para construir duas salas de aula num terreno em que havia um campo de futebol. Mas foi em 1965 que foram erguidas mais quatro salas e, em 12 de agosto daquele ano, a unidade foi inaugurada. Considerada modelo, a escola recebeu, em 2011, sala de leitura, biblioteca, salas de informática e de arte.

- Temos um trabalho diferencial, porque foca na qualidade do ensino. Chamamos os pais para o conselho de classe. E vejo ex-alunos meus que vêm para matricular os filhos - diz Rita, explicando a grande procura.

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/livro-revela-transformacoes-da-cidade-do-rio-nos-ultimos-50-anos-desconstroi-mitos-12820219.html


21.2.14

Revista VEJA RIO

Reportagem do site VEJA RIO sobre os 450 anos do Rio.

A vida começa aos 450

                O Rio já se prepara para a comemoração de um aniversário histórico, com sugestões da população.

20 de Janeiro de 2014
Jacob/CPDoc JBDe perfil, Lacerda e Castelo Branco em solenidade pelos 400 anos do Rio

Em pouco tempo, uma grande festa tomará conta do Rio de Janeiro. O ano de 2015 marca o 450° aniversário da cidade, e os preparativos já começaram. Acaba de ser criado um comitê organizador que recebeu, até agora, mais de 700 sugestões de comemoração dos cariocas. A ideia é promover várias iniciativas inspiradas nos desejos da população e tem tudo para ser um divisor de águas na história do município que foi capital da colônia, do Império e da República - e ter efeito similar ao que teve, há meio século, a comemoração do IV Centenário. Os festejos de 1965 inspiraram o trabalho do Comitê Rio 450, formado pela Prefeitura, na concepção do projeto e no entusiasmo que o trabalho conseguiu criar na população, fazendo com que todos saíssem de casa e se sentissem parte da grande festa.
José Antonio/CPDoc JBAos 17 anos, Solange Dutra Novelli (no centro) foi eleita Rainha do IV Centenário

Em 1965, as ruas estavam enfeitadas: a Avenida Presidente Vargas ganhou 70 estandartes de 15 metros de altura com reproduções de Debret. Desfiles aconteciam dia e noite em praça pública. Houve um concurso de Miss do IV Centenário que lotou o Maracanãzinho. No Carnaval daquele ano, todas as escolas de samba tiveram como tema os 400 anos, e a Acadêmicos do Salgueiro, sexta agremiação a desfilar na Candelária, foi campeã cantando o passado: "Bonde é motivo de saudade. Conduzia passageiros mascarados. Que sambavam e cantavam de verdade". 

Jacob/CPDoc JBOs festejos aconteciam dia e noite em praça pública
Mas o Rio olhava para o futuro, tentando superar a perda da capital para Brasília. Inspirado pelos novos ventos do estado da Guanabara - e pelo desejo do governador Carlos Lacerda de projetar-se para uma eleição presidencial que, com a prorrogação do mandato do marechal Castelo Branco, nunca aconteceu -, uma série de obras públicas, que se tornaram marcos na cidade, foi concluída, como o Aterro do Flamengo e os túneis Rebouças e Santa Bárbara. "O Rio queria se afirmar como Nova York, ou seja, ser uma capital do mundo, embora não do país", diz a historiadora Marly Silva da Motta, professora da Fundação Getúlio Vargas.

A escolha é sua
Até hoje, a marca do IV Centenário, desenhada pelo renomado Aloísio Magalhães, continua presente em diversos pontos da cidade, como em calçadas de Santa Teresa e do Rio Comprido e na bandeira de uma escola municipal em Bonsucesso, E.M. IV CENTENÁRIO. A criação do Comitê Rio 450 se torna ainda mais interessante por promover um concurso nacional para escolher a nova marca do aniversário. E também por incentivar o cidadão a pensar não apenas na festa - mas também na cidade que queremos ter no futuro.
E para você mandar uma sugestão de marca ou comemoração, visite o site www.rio450anos.com.br.

Com o Rio de braços abertos
Criado por Veja Rio, Com o Rio de Braços Abertos é um movimento que inspira as pessoas a fazer a sua parte pelo bem do Rio de Janeiro, para turistas e, acima de tudo, para o próprio carioca. Com patrocínio da Petrobras e da Prefeitura do Rio, a intenção é incentivar cada um a fazer sua parte para tornar a cidade melhor para todos. Nós amamos o Rio. Por isso, temos a responsabilidade de cuidar dele! De Braços Abertos, sempre.
Saiba mais em www.bracosabertos.com.br.


15.10.13

Parabéns, Professores!!!!

Ao mestre com carinho!


Neste histórico momento de luta pela valorização profissional e por uma educação de qualidade, queremos homenagear a excelente equipe de professores da IV Centenário! 





6.8.13

É arraiá na IV Centenário!

Nossa festa foi um sucesso!


Confira as fotos abaixo!

7.6.13

Semana Ambienta Rio

Semana Ambienta Rio na EM IV Centenário



Animais em extinção da fauna brasileira - turma 1101.

Preservando a vida nos oceanos - turma 1303

Ciclo de vida dos besouros tenébrios - turmas 1101, 1102 e 1103.

Turmas 1101, 1102 e 1103
Turma 1402

Turma 1402


Atividade de Sala de Leitura




Turma 1402

Turma 1201




Turma 1502

Turma 1301

Turma 1301

Turma 1301

Atividade do Projeto Mais Educação